• José A. Andrade Gomes

“Trans Europe Express 2.0”

De acordo com a notícia do Público de hoje que republicamos, é um objetivo da União Europeia ressuscitar a rede “Trans Europe Express (TEE)”.


O objetivo de atingir a neutralidade carbónica em 2050, a vontade de aumentar o peso do modo ferroviário que representa apenas 8% das viagens entre estados da UE e o conceito de “vergonha de voar” que vai afastando os cidadãos do “modo aéreo”, parecem justificar o projeto.


No entanto, sendo o TEE um projeto interessante , este não deve ser pretexto para retirar relevância à ligação de Portugal à rede ferroviária europeia de alta velocidade.

8 visualizações
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags